“O poder só é efetivado enquanto a palavra e o ato não se divorciam, quando as palavras não são vazias e os atos não são brutais, quando as palavras não são empregadas para velar intenções, mas para revelar realidades, e os atos não são usados para violar e destruir, mas para criar relações e novas realidades.” (ARENDT, Hannah Condição Humana, 2007, p. 212)

RELAÇÃO DE MESAS REDONDAS DE ALUNOS ORIENTADOS PELO PROF. MANOEL ARNÓBIO


1.CONTRATOS ELETRÔNICOS: CONSTITUIÇÃO E DEMANDAS JUDICIAIS.
Teoria Geral dos Contratos - Jayane Cristina Lima Patriota
Internet, liberdade de uso e vazio de regulamentação- Lucas Mangueira Diniz
Contratos eletrônicos e os princípios específicos da contratação eletrônica - Magdalena Patrícia Alves de Góis
Classificação e validade dos contratos eletrônicos - Roseane de Sá Aquino
O contrato eletrônico como prova no Processo Civil e a competência para julgar as demandas da Internet - Silvia Rayanna Rodrigues Freitas

2. O EXERCÍCIO PROFISSIONAL E A RESPONSABILIDADE OBJETIVA DO ESTADO

A Responsabilidade Objetiva do Estado - Francioly Rivadávia Nogueira Brazil
A Responsabilidade Objetiva do Estado em Relação ao Exercício     Profissional do Médico - Clodoaldo José de Lima
A Responsabilidade Civil do Advogado Público - Manoel Arnóbio de Sousa
A Caracterização da má fé decorrente de cumulação indevida de Cargos Públicos - Carla Regina da Silva


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dano moral indireto: quem pode pedir reparação por morte ou por ofensa a um ente querido?

Saiba como fica a situação dos candidatos eleitos sub judice

Inventário e partilha no Novo Código de Processo Civil