“O poder só é efetivado enquanto a palavra e o ato não se divorciam, quando as palavras não são vazias e os atos não são brutais, quando as palavras não são empregadas para velar intenções, mas para revelar realidades, e os atos não são usados para violar e destruir, mas para criar relações e novas realidades.” (ARENDT, Hannah Condição Humana, 2007, p. 212)

Partes e advogados podem solicitar audiências virtuais de conciliação durante a pandemia da Covid -19

08/04/2020 - 14h11  Atualizado em:08/04/2020 - 14h14  Tags:NupemecAudiências virtuais de conciliação


Partes e advogados que tenham interesse em participar de audiências virtuais de conciliação (seja por e-mail, WhatsApp ou outros sistemas eletrônicos), neste período de distanciamento social devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), devem encaminhar solicitação ao Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça da Paraíba, através do e-mail nupemec@tjpb.jus.br.

O juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, diretor adjunto do Nupemec, disse que as partes devem manifestar o interesse na conciliação e a ferramenta virtual de sua preferência, para que os pedidos sejam encaminhados aos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs) de cada respectivo município onde se encontra o processo. 
“Assim, os Cejuscs estabelecerão pautas e audiências virtuais, por meio de ferramentas que permitam a interação entre todos os envolvidos, principalmente via WhatsApp ou e-mail”, informou o magistrado. “Podemos avançar nos acordos mesmo neste período de pandemia”.
Desde o dia 17 de março, o Nupemec, por determinação do Ato Normativo Conjunto n° 001/2020, firmado pelo TJPB, OAB, MPPB e Defensoria Pública, cancelou todas as audiências presenciais que estavam designadas pelos Cejuscs do Estado, por causa da Covid-19.
Por Gilberto Lopes/Gecom-TJPB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dano moral indireto: quem pode pedir reparação por morte ou por ofensa a um ente querido?

Ministro Barroso nega ação sobre regulamentação do artigo 142 da Constituição

FIGURA PÚBLICA Luciano Hang pode continuar a exibir mensagens em aviões contra Lula