“O poder só é efetivado enquanto a palavra e o ato não se divorciam, quando as palavras não são vazias e os atos não são brutais, quando as palavras não são empregadas para velar intenções, mas para revelar realidades, e os atos não são usados para violar e destruir, mas para criar relações e novas realidades.” (ARENDT, Hannah Condição Humana, 2007, p. 212)

Superior Tribunal de Justiça autoriza o retorno do Conselheiro Nominando ao TCE/PB

 



O Superior Tribunal de Justiça autorizou o retorno do Conselheiro Nominando Diniz ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba para exercer a função de Conselheiro a partir de 25 de janeiro de 2021, próxima segunda-feira.

A decisão é do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em ofício assinado pelo presidente em exercício Jorge Mussi, vice-presidente da Corte.

Antonio Nominando Diniz Filho, Nominando. No exercício dos mandatos de deputado estadual sempre foi motivo de orgulho para os princesenses, sempre utilizou o mandato para servir e não se serviu do mandato. Como presidente da Assembleia Legislativa teve uma gestão pautada na modernização da Assembleia, sempre buscando deixar o Poder Legislativo mais próximo do povo e assim atendendo sua verdadeira função de casa do povo paraibano, inclusive, sua gestão fora referência no país inteiro, à época.

Ao chegar ao Tribunal de Contas se mostrou como sendo um excelente julgador, mergulhando na busca do conhecimento jurídico e transformando seus pareceres em consultas obrigatórias entre os operários do direito; também a sua gestão frente a Presidência do Tribunal de Contas do Estado, fora pautada na inovação, criando ferramentas capazes de aproximar a corte de Contas do cidadão, verdadeiro e principal interessado na fiscalização dos recursos públicos.

Por isto, que SEMPRE ACREDITAMOS NO RETORNO DO CONSELHEIRO NOMINANDO DINIZ ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, porque, durante sua vida pública NOMINANDO pautou suas atuações no respeito aos princípios jurídicos e éticos e não teria se distanciado daquilo que na sua vida pública sempre foi sagrado.

Crente na justiça sempre aguardou de forma silenciosa a atuação do judiciário, justamente, por acreditar naquela, como sendo a verdadeira pilastra do estado democrático de direito.

Com o retorno de Nominando ao TCE/PB quem ganha é a Corte de Contas que terá um verdadeiro estudioso das contas públicas; quem ganha é o cidadão que terá um Conselheiro que de forma incessante busca aproximar o Tribunal da população; ganha o bom gestor, quem tem um consultor gratuito, recebendo no seu gabinete aquele que procura informação objetivando melhorar sua atuação, ganha também os operários do direito que terá de volta pareceres bem construídos lapidados com dedicação que é a sua marca, e, por fim ganha Princesa Isabel-PB, que após um verdadeiro período de prova tem de volta a sua maior referência viva, O Conselheiro NOMINANDO DINIZ.

Escritor por Manoel Arnóbio

referencias: https://www.pbagora.com.br/noticia/brasil/stj-autoriza-retorno-do-conselheiro-nominando-diniz-ao-tce-pb/

https://wscom.com.br/nominando-diniz-confirma-retorno-as-atividades-no-tce-pb-na-proxima-segunda-feira/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dano moral indireto: quem pode pedir reparação por morte ou por ofensa a um ente querido?

Inventário e partilha no Novo Código de Processo Civil

Saiba como fica a situação dos candidatos eleitos sub judice