“O poder só é efetivado enquanto a palavra e o ato não se divorciam, quando as palavras não são vazias e os atos não são brutais, quando as palavras não são empregadas para velar intenções, mas para revelar realidades, e os atos não são usados para violar e destruir, mas para criar relações e novas realidades.” (ARENDT, Hannah Condição Humana, 2007, p. 212)

TSE conclui julgamento e bate o martelo sobre elegibilidade de Cássio Cunha Lima


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu, nesta terça-feira (16), o julgamento do registro de candidatura do senador e candidato a governador, Cássio Cunha Lima (PSDB). A ministra Luciana Lóssio, que havia pedido vista e adiado o julgamento, apresentou seu voto, que foi favorável ao tucano. Luiz Fux também votou a favor de Cássio.
Na semana passada quatro ministros já haviam se pronunciado contra o recurso impetrado por Maria da Luz Silva, Rafael de Lima Rodrigues, Ministério Público Eleitoral e Coligação A força do trabalho e a favor de Cássio, confirmando a elegibilidade do senador. Contudo, a conclusão do julgamento havia sido adiada por conta do pedido de vista da ministra Luciana Lóssio.
A ministra Thereza Assis Moura foi a única na Corte a dar provimento ao recurso. Com isso, por maioria, Cássio foi considerado elegível.
O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) já havia se posicionado a favor da candidatura de Cássio, bem como o Ministério Público Federal.

 http://www.blogdogordinho.com.br/tse-conclui-julgamento-e-bate-o-martelo-sobre-elegibilidade-de-cassio/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dano moral indireto: quem pode pedir reparação por morte ou por ofensa a um ente querido?

Jurisprudência molda os limites para concessão do sursis processual

Ministro Barroso nega ação sobre regulamentação do artigo 142 da Constituição